<$BlogRSDUrl$>

19.10.05

se me perguntarem, cinco minutos antes de ir para a cama, qual é o tipo de música com que desejo adormecer, emudeço. não há dia em que não me deixe repousar com música de fundo mas é muito, muito raro saber com antecedência o que vou ouvir. o meu gosto musical pré-sono é algo de muito misterioso para mim. sou incapaz de prever o meu estado de espírito nessas circunstâncias, aliás, sou incapaz de dizer se há uma relação entre o meu estado de espírito antes de dormir e a música que escolho para me adormecer. sei que há uns meses ouvia punk-rock diariamente - mas só na cama. fui dos sex pistolos aos buzzcocks em três noites; demorei-me duas com os wire com baba na almofada pelo meio; fiz uma compilação caseira 77-79 que me acompanhou debaixo dos lençóis.

a escolha da música antes de dormir é, provavelmente, o meu momento de maior indecisão do dia inteiro. olho para os cds um a um, pego num disco e volto a colocá-lo no sítio, digo para mim coisas como "isto é muito depressivo", "isto é demasiado alegre", "isto recorda-me um dia em que torci o pé", "isto pode acordar-me violentamente", "isto está cheio de pó", "isto ainda está aqui?". nada serve!

se, porventura, vou para a cama a cair de sono, rapidamente o perco com tanta ginástica mental. sou da opinião de que a música que nos adormece tem que ser obrigatoriamente boa. a música má enfurece-nos, revolta-nos, obriga-nos a reagir - não ajuda a pregar olho. também é certo que ouvir o último dos franz ferdinand (francamente bom) também não ajuda: mais facilmente me deixo levar pela vitalidade dos refrões do que pela necessidade de desligar da corrente. nem toda a música boa é amiga de um sono santo, portanto. mas todo o sono santo precisa de música boa. o pior é saber qual.

tudo isto para dizer que, ultimamente, tenho acertado em cheio. pura sorte. "the notorious byrd brothers", disco de 1968 dos byrds, é o responsável. bons sonhos!

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?